Improve the quality of life of children, adolescents and adults. Contact us →

RECICLAGEM DE PNEUS: POR QUE SE DAR CUIDADO?

News & Blog

Nos Estados Unidos, mais da metade da borracha usada a cada ano é transformada em pneus. Os EUA geram aproximadamente um pneu inservível para cada pessoa a cada ano. 30 milhões desses pneus são reformados deixando o restante para ser gerenciado.

Além dessa geração anual, há uma estimativa de 2 a 3 bilhões que se acumularam ao longo dos anos e estão contidos em vários estoques. A reciclagem de pneus apresenta uma dificuldade especial devido ao seu peso e volume. O descarte também apresenta outras dificuldades porque os pneus são feitos de uma variedade de materiais. Do total de pneus recuperados, 60% são usados como TDF ou combustível derivado de pneus. Os pneus inservíveis são uma boa fonte de combustível porque têm alto poder calorífico e produzem baixas quantidades de enxofre quando queimados.

Como a reciclagem de pneus pode nos beneficiar? Quando os pneus são reciclados, a poluição e o consumo de energia são reduzidos. O uso mais benéfico para pneus velhos é encontrar novos usos para esses materiais antigos, embora ainda valiosos. O próximo uso idealmente benéfico é reutilizar os pneus velhos recauchutando-os.

Reduzir os pneus a um novo material por trituração também é uma opção desejável, pois o material ainda existe para ser usado na fabricação de um novo produto. Grandes economias de energia também podem ser obtidas quando lascas de pneus são queimadas como combustível. No entanto, isso impede qualquer outra reciclagem, uma vez que o material é obviamente consumido. A borracha também é usada como cobertura de playground, material de leito de estrada, pistas de corrida e passarelas.

Há também alguma evidência de redução de lesões e manutenção reduzida do veículo, mas não há documentação adequada para isso. O maior benefício ambiental pode ser a redução da mineração de materiais tradicionais como areia e cascalho.

Fonte: benefits-of-recycling.com/recyclingtires

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *