Improve the quality of life of children, adolescents and adults. Contact us →

O BATISMO É UM CONVITE AO CÉU

News & Blog

O Batismo é a entrada da Igreja e a porta de entrada para os demais sacramentos. A bacia do batismo marca o início de nosso nascimento espiritual, nosso conhecimento do Credo e nossa observância dos ritos.

O batismo é, portanto, o começo, e todo começo justo deve ser marcado pelo batismo. O Batismo é também o destino ao qual devemos voltar, pois é o ventre da Igreja onde nascem todos os filhos de Deus. Vamos, queridos irmãos, refletir sobre o grande milagre que aconteceu logo após o batismo de nosso Salvador. Esse milagre foi um prelúdio para o que estava para acontecer. O céu foi aberto.

Por quê? Jesus quer que saibamos que, mesmo que não seja visto, exatamente o mesmo acontece durante nosso próprio batismo, quando Deus nos faz um convite para nossa pátria celestial e nos exorta a não nos apegarmos muito a este mundo. A imersão de Jesus Cristo na água é um símbolo de Sua morte e sepultamento, e Sua ascensão para fora da água é um símbolo de Sua ressurreição. O apóstolo Paulo explica que, pelo batismo, os fiéis se unem a Cristo em uma morte como a sua, mas também em sua ressurreição. “Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo, para que, assim como Cristo ressuscitou dentre os mortos pela glória do Pai, também nós vivamos uma vida nova.

Pois, se fomos unidos a ele em uma morte como a dele, certamente também seremos unidos a ele em uma ressurreição como a dele”. (Romanos 6: 4-5) O batismo, sacramento que nos foi dado na infância, não deve prosperar e florescer a menos que estejamos sempre de mãos dadas com Cristo e levando uma vida de virtude. Assim como Jesus Cristo foi revelado ao público, nós que somos batizados em Seu nome também O revelaremos aos outros.

Somos batizados apenas uma vez, mas nosso batismo é renovado com cada boa ação que fazemos, cada identificação com os pobres e cada leitura profunda e completa da Bíblia. Com cada boa ação, renovamos nosso batismo, abandonamos nossos pecados e vivemos com Cristo. Podemos assim testemunhar, como João, que Cristo é o filho de Deus. Quando o padre borrifa água benta em nossas casas, é uma promessa de dedicar nossas casas ao Espírito Santo. Quando bebemos água benta, aceitamos voluntariamente manter a santidade do nosso espírito e corpo. É um compromisso renovado com Cristo estar para sempre revestido dele.

É realmente emocionante cantar nesta época abençoada: “Todos vocês que foram batizados em Cristo se revestiram de Cristo, Aleluia”.

Traduzido da versão árabe escrita pelo Pe. Fadi Barkyl

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *